“Ghost – Do Outro Lado da Vida” completa 25 anos. Saiba curiosidades sobre esse sucesso mundial

Ontem, dia 13 de julho o filme  norte-americano “Ghost – Do Outro Lado da Vida” completou 25 anos desde o seu lançamento. O longa conta a história de um jovem casal loucamente apaixonados um pelo outro onde uma tragédia faz com que eles tenham que se separar mais cedo do que eles esperavam. Sam (Patrick Swayze) é vítima de um assalto seguido de morte, e se recusa a ir para o outro plano quando descobre que sua esposa Molly Jensen (Demi Moore) esta prestes a cair em um golpe. Para se manter perto e se comunicar com sua amada, Sam conta com a ajuda de uma médium golpista vivida pela a atriz Whoopi Goldberg.
GHOST

Um clássico dos anos 90 que nos ensina que o amor não acaba mesmo após a morte, e que pode sim até se tornar maior. “Ghost” foi sucesso de bilheteria nos USA sendo o que mais arrecadou no ano de 1990. E até hoje é lembrado e adorado pelos os que curtem o gênero romance.

Imagem1

  • O filme foi vencedor de 2 Oscars: Melhor atriz Coadjuvante: Whoopi Goldberg e Melhor roteiro original
  • Ganhou um Globo de Ouro na categoria Melhor Atriz Coadjuvante (Whoopi Goldberg)
  • O ator Bruce Willis que na época era marido da Demi Moore recusou o papel de protagonista pois achou que o filme não daria certo.
  • Longa já ganhou adaptações para séries de TV e também para musicais.
  • O filme foi exibido pela primeira vez na televisão aberta, na Rede Globo , em Tela Quente – Especial, em 27 de dezembro de 1993. A audiência do longa foi histórica: bateu os 56 pontos e chegou a superar os índices da novela das oito da época que era o produto de maior audiência da emissora.
  •  Patrick Swayze afirmou que a antológica cena da cerâmica com Demi Moore foi a coisa mais sexy que já tinha feito num filme.
  • O som emitido pelos espíritos das trevas, na verdade, eram gravações de ruídos de bebês em alta rotação.
  • Na hora de descrever o que queria com o efeito de Sam passando pelas paredes, o diretor usou o exemplo de um guardanapo sendo imerso em um copo de café.

Uma Linda Mulher (Pretty Woman)

Quem não gosta de uma ótima e emocionante comédia romântica? Para os amantes da década de 90, temos um filme que não foi só um sucesso, como também arrancou muitos suspiros por ai. E vamos combinar que ainda continua. E quem não gostaria de “Uma Linda Mulher” do seu lado?

Pode não parecer, mais o filme Uma Linda Mulher – 1990 foi lançado a 25 anos atras,em 1990. E até hoje é um grande sucesso entre os mais velhos e aqueles que são amantes da sétima arte. O longa conta com a participação da atriz Julia Roberts e do ator Richard Gere, onde fazem um par romântico. E bota romântico nisso.

UMA-LINDA-MULHER02

Em “Uma Linda Mulher” um magnata perdido, chamado Edward (Richard Gere) pede ajuda à uma prostituta chamada Vivian (Julia Roberts) que “trabalha” no Hollywood Boulevard e acaba contratando-a por uma semana. Neste período ela se transforma em uma elegante jovem para poder acompanhá-lo em seus compromissos sociais, mas os dois começam a se envolver e a relação patrão e empregado se modifica pra um relacionamento entre homem e mulher.

pretty woman today

Para comemorar os 25 anos de lançamento do longa, a equipe foi a um programa de TV americano (Today), onde eles lembraram como foi fazer o filme, e contaram também algumas curiosidades dos bastidores. Gere, relatou que logo que foi convidado a fazer o papel de Edward, de recusou de inicio, pois disse que não tinha entendido o personagem. Ele dizia que o personagem Edward era muito frio.  Antes do longa ser comprado pela Disney e antes do direto Garry Marshall assumir a direção, o filme teria um desfecho muito diferente. O personagem do galã Richard Gere, colocaria Vivan para fora do carro,e jogaria o dinheiro em cima dela, e assim os creditos iam rolando. Onde Imaginar que Uma Linda Mulher, seria diferente? Será que seria legal?

O fato é que até hoje podemos apreciar essa obra de artes,onde manda uma mensagem para todos nós, que o amor nasce da onde nós menos esperamos, e que existe toda forma de amor. Obrigada Richard Gere e Julia Roberts por ter passado essa linda mensagem através da sétima arte.

Wonderland

Poucos sabem, mas o “Mundo das Ilusões” popularmente conhecido como “Alice no País das Maravilhas”  foi baseado em dois livros: no “Alice’s Adventures in Wonderland” de 1865, e em sua continuação intitulado “Through the Looking-Glass and What Alice Found There” de 1871.

“Alice no País das Maravilhas” foi o livro preferido de Walt Disney. Gostavam tanto dos livros de Lewis Carroll, que o mesmo seria um de seus primeiros clássicos adaptados pro cinema. A ideia inicial para o longa que iria misturar cenas reais com cenas animadas, começou em 1932, e teria como papel principal a atriz Mary Pickford.

Porém, a produção foi engavetada por causa da Segunda Guerra Mundial, e na época, a Disney só tinha recursos para fazer curta-metragens. Só depois com o final da guerra e o sucesso de “A Canção do Sul “ de 1946, que a Disney voltou a trabalhar em cima do longa.

Mas a produção foi adiada mais uma vez em função de outro clássico que foi lançado em 1950, “Cinderela”. Alice foi lançado um ano depois, porém, não atingiu as expectativas. O filme foi alvo de críticos Ingleses e por isso o longa foi guardado por 20 anos, até ser relançado nos anos 70 tendo assim o sucesso que a Disney sempre quis que o filme tivesse. “Alice no País das Maravilhas” era mais que um sucesso, era um fenômeno.

alice-in-wonderland-movie-poster-1951-1020198120Poster Oficial do filme – Alice no País das Maravilhas (1950) 

Um mundo estranhamente fofo e apaixonante

149889_monstrosintjpg1

Quando falamos em filmes de animação, pensamos em bruxas, dragões, príncipes, princesas, maças do amor e até em sapatinhos de cristal sendo largados numa escada.

Mas e quando nos deparamos com um mundo extremamente estranho, porém fofo e apaixonante ao mesmo tempo? É o caso das animações  “Monstros S.A.” (2001) e “O Meu Malvado Favorito” (2010), os Minions. Quem não se apaixonou e continua se apaixonando por toda aquela estranheza deles? Qual é a criança que não fica vidrada na tela, sem piscar os olhos vendo aquela explosão de fofura? Não há quem resista.

monstros sa

O longa Monstros S. A. lançado no ano de 2001, inovou o mundo da animação com os monstros mais legais e divertidos que já mais existiram na telona. O filme conta uma história sobre monstros que assustem crianças para conseguir seus gritos e gerar energia para o seu mundo. Porém, no desenrolar da trama eles encontram o amor e a diversão em uma garotinha, a esperta e simpática Boo.

Já em “O Meu Malvado Favorito” um  supervilão chamado Gru, tenta roubar a Lua e é afetado sentimentalmente por três meninas órfãs. Mas existe algo além dessa historia central: os amarelinhos e adoráveis Minions. Fiéis escudeiros de Gru, eles definitivamente roubam a cena com um jeito fofo e atrapalhado se serem.

Gru2P3Minions

Separei esses dois filmes em especial por alguns motivos: o primeiro é pela diferença de tempo entre os dois  (quase 10 anos) e também por suas semelhanças que envolvem muito mais do que criaturas estranhas, envolve o mundo imaginário das crianças, que por muitas vezes nós não entendemos. Filmes que por muitas vezes nos dão lições de vida sem que percebemos.

Novidades 

E para nossa felicidade os pequenos seres amarelos ganharam um filme próprio! YES! “Os Minions – O Filme” tem data de estréia no Brasil dia 25 junho de 2015. A nova história volta ao tempo, e mostra a saga dos Minions atrás de um mestre. Vale a pena ir aos cinemas, será amor e diversão na certa. Assista ao trailer legendado.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=gvPc80YIG6U]